Conheça o IBDPE

O Instituto Brasileiro de Direito Penal Econômico – IBDPE foi fundado em 27 de março de 2009 com a finalidade de produzir estudos e pesquisas sobre Direito Penal Econômico.
Com sede em Curitiba, que desde o início dos anos 2000 ocupa posição central nos processos de crimes econômicos no Brasil, o IBDPE há uma década realiza e apoia a realização de palestras, seminários e cursos de aperfeiçoamento em Direito Penal Econômico no Brasil.
Para além dos eventos, o IBDPE também fomenta a publicação periódica de artigos online e desde 2015 publica a Revista do Instituto Brasileiro de Direito Penal Econômico para divulgar os resultados de sua atividade.
Desde a Reforma Estatutária, o IBPDE é gerido por um Conselho e por sua Diretoria,
composta do Presidente, Vice-presidente, Secretário-geral e Diretor Financeiro.
Conheça os integrantes para o biênio 2019/2021:

Diretoria

Bibiana Fontella

Presidente

Advogada Criminal. Professora de Direito Penal em Pós-Graduação. Doutoranda em Ciências Criminais pela PUC-RS. Mestre em Ciências Jurídico-Criminais pela Faculdade de Direito da Universidade de Coimbra. Relatora da Comissão de Defesa dos Direitos Humanos – OAB/PR. Membro do Tribunal de Ética e Disciplina da OAB/PR.

Marlus H. Arns de Oliveira

Vice-Presidente

Advogado. Doutor em Direito PUC/PR. Presidente da OAB Curitiba (2004-2006).

Marion Bach

Diretora Financeira

Advogada Criminal. Professora Titular de Direito Penal na Graduação e Pós-Graduação da FAE. Diretora de Prerrogativa OAB/PR. Doutora em Ciências Criminais pela PUC/RS. Mestre em Direito do Estado pela UFPR. Especialista em Direito Penal e Processual Penal pela UNICURITIBA.

Rafael Guedes de Castro

Secretário-Geral

Advogado. Mestre em Direito pela PUC-PR.

Conselho

Beno Brandão

Conselheiro

Carolina Pinheiro

Conselheira

Gustavo Alberine Pereira

Conselheiro

João Rafael de Oliveira

Conselheiro

Luiza Terra

Conselheira

Nicole Trauczynski

Conselheira

Ronaldo dos Santos Costa

Conselheiro

Thaise Mattar Assad

Conselheira

Conselho Fiscal

Maria Augusta Oliveira de Souza Marçal

Claudia Rocha

Diogo Malan

Ex-Presidentes

Francisco Monteiro Rocha Jr.

Professor Adjunto do Departamento de Direito Penal e Processual Penal da Universidade Federal do Paraná (UFPR). É Doutor (2012) e Mestre (2002) pela mesma instituição. É coordenador das pós-graduações em Direito Penal e Processo Penal da Academia Brasileira de Direito Constitucional (ABDConst). Foi Presidente (2013-2017) do Instituto Brasileiro de Direito Penal Econômico (IBDPE). É advogado criminalista desde o ano 2000 (Monteiro Rocha Advogados).

Guilherme Brenner Lucchesi

Advogado sócio da Lucchesi Advocacia. Professor de Direito Processual Penal da Faculdade de Direito da UFPR. Doutor em Direito pela UFPR. Diretor do Instituto dos Advogados do Paraná. Foi Presidente do Instituto Brasileiro de Direito Penal Econômico (2017-2021).

Luiz Antonio Câmara

Advogado Criminalista e fundador do escritório Câmara & Associados. Graduado em direito pela Universidade Estadual de Maringá e pela Unicuritiba. Mestre em Direito Processual Penal e Doutor em Direito Penal pela UFPR e Professor de direito penal, processo penal e criminologia na graduação e professor de pós-graduação na UNB, ABDCONST, UP, FESP e Campo Real.  Foi presidente do IBDPE em 2011até 2013.

Rodrigo Sánchez Rios

Doutor em Direito Penal e Criminologia pela Università Degli Studi Di Roma Tre, “La Sapienza”, Itália (1991). Professor de Direito Penal da Graduação e Pós-Graduação da Pontifícia Universidade Católica do Paraná (desde 1992). Presidente da Comissão de Educação Jurídica (2016-2018). Secretário Geral da OAB (gestão de 2019-2021). Presidente da Câmara de Direitos e Prerrogativas da OAB/PR (gestão de 2019-2021).

René Ariel Dotti -Presidente de Honra do IBDPE

Foi um advogado criminalista e professor de direito penal e processo penal na Universidade Federal do Paraná. Fundador de um dos maiores escritórios de Curitiba – Escritório Professor René Dotti – e escritor de diversas obras de grande notoriedade e relevância para o ramo do direito brasileiro. Vale ressaltar que o professor também é considerado um pioneiro no tema de liberdades informáticas no livro “Proteção da vida privada e liberdade de informação” e grande defensor da causa dos Estudantes, Trabalhadores e da liberdade de expressão no regime militar brasileiro.